Como será investida de Eduardo Paes por vitória de Lula no Rio de Janeiro

Prefeito participou de anúncio de apoio de nomes do PSD ao petista e indicou mobilização em áreas estratégicas e avanço sobre eleitorado evangélico

Veja

2022-10-07 02:00:05

COMPARTILHE:

Durante o anúncio de apoio de lideranças do PSD à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na tarde desta quinta-feira, 6, o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PSD) declarou que irá se empenhar “incessantemente” pela vitória do petista contra Jair Bolsonaro (PL).

No estado, que é o terceiro maior colégio eleitoral do país, o atual presidente da República saiu vitorioso nas urnas e ainda conquistou a reeleição em primeiro turno do aliado Cláudio Castro (PL) ao governo.

“O time que já está na rua vai intensificar o trabalho essa semana. As forças políticas do Rio estão unidas em torno da sua candidatura”, disse Paes a Lula. “Estou aqui com a deputada Lucinha, a mais votada da zona oeste, em Campo Grande, Santa Cruz, e a mensagem que passamos aqui é que vamos trabalhar incessantemente. Estamos juntando todas as forças políticas do Rio de Janeiro para lhe dar a vitória”, completou.

Apenas na capital fluminense, Lula foi o mais votado em 33 zonas e, Bolsonaro, em 16. O atual presidente tem vantagem, por exemplo, na zona oeste — região que será prioridade da investida de Paes e aliados e onde o petista já tem encontros marcados na próxima semana.

Está sendo programado para a próxima terça-feira, 11, um grande encontro de pastores e lideranças evangélicas em São João de Meriti em apoio a Lula. A populosa baixada fluminense, que concentra significativo número de eleitores, é um dos principais focos no estado.

Importante nome do União Brasil, o prefeito de Belford Roxo e presidente estadual da legenda, Waguinho esteve no encontro em São Paulo e afirmou estar “estudando” o aceno a Lula. Também nesta terça, o mandatário esteve com Jair e Flávio Bolsonaro em Brasília.

“Quero ouvi-los e vamos abrir um debate amplo. Entender o que estão pensando e vamos chegar a um consenso. E quero que seja um consenso por unanimidade. Vai um, vai todo mundo. Porque aí a força é muito maior”, declarou Waguinho.

O prefeito de Belford Roxo afirmou, ainda, considerar a proposta de Lula “muito boa” e mais direcionada ao “povo menos favorecido”, com medidas voltadas a saneamento, infraestrutura e “comida na mesa do povo pobre”.

Bolsonaro, por outro lado, tem usado como moeda de troco o fortalecimento de deputados antigos e novatos, além de acenar com o apelo do Auxílio Brasil à camada mais pobre da população.

“A proposta de fortalecer a democracia brilha nossos olhos. Mas também não podemos rejeitar a proposta do presidente Bolsonaro, de fortalecer a base do Rio de Janeiro, de abrir espaço pra quem está chegando agora. Mas o fortalecimento da segurança jurídica, da empregabilidade, de levar comida na mesa do povo pobre, sofrido, essa é uma proposta que nos agrada muito”, declarou a jornalistas na saída do encontro.

Durante o evento, que contou com lideranças como o senador Otto Alencar (PSD-BA), as críticas se voltaram à gestão Bolsonaro no governo federal. Eduardo Paes atacou o que chamou de “ruptura permanente do pacto federativo” e afirmou que não existem programas federais que dialoguem com os demais entes da federação.

“Todas as benesses e eventuais bondades que esse governo quer fazer, faz em cima dos municípios. Quando tem isenções, redução de carga tributária, elas se dão tão somente com aqueles tributos e impostos que são partilhados com estados e municípios. Nunca acontece com aquelas contribuições ou tributos que são de exclusividade da União”, afirmou o prefeito do Rio de Janeiro.

Veja os nomes do PSD que participaram do encontro em apoio a Lula:

Eduardo Paes – Prefeito do Rio de Janeiro e Presidente Estadual do PSD-RJ

Felipe Santa Cruz – ex-presidente da OAB e candidato a vice-governador na chapa de Rodrigo Neves (PDT)

Senadores Alexandre Silveira (Minas Gerais) Carlos Fávaro (Mato Grosso) Otto Alencar (Bahia) Deputado Marcelo Ramos – (Amazonas, representando senador Omar Aziz)

Deputados federais – Rio de Janeiro Laura Carneiro Pedro Paulo Daniel Soranz Renan Ferreirinha (Secretário de Educação do Rio de Janeiro)

Deputados estaduais Lucinha Luiz Paulo Correia da Rocha Guilherme Schleder Eduardo Cavaliere

R$ 1,00/mês 

A partir de R$ 9,90/mês 

A partir de R$ 9,90/mês 

A partir de R$ 9,90/mês 

A partir de R$ 9,90/mês 

A partir de R$ 9,90/mês 

Leia também no

Copyright © Abril Mídia S A. Todos os direitos reservados.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

- R$ 1 por mês. - Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições. - Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app. - Válido até 31/10/2022, sem renovação.

1 mês por R$ 1,00 ( Pagamento Único )

Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

30% de desconto 1 ano por R$ 82,80 (cada mês sai por R$ 6,90)

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar