A pedido do PT, TSE manda redes apagarem vídeos de Damares com fake news

O ministro Raul Araújo mandou notificar o YouTube, o Twitter, o Facebook e o Instagram para que cumpram a decisão

Veja

2022-08-18 13:00:15

COMPARTILHE:

O ministro Raul Araújo, do TSE, mandou retirar do ar quatro vídeos publicados pela ex-ministra Damares Alves na redes sociais que difundiam a informação falsa de que os governos do ex-presidente Lula teriam criado uma “cartilha” para incentivar o uso de crack por jovens.

De acordo com a decisão, concedida numa ação dos advogados Cristiano Zanin e Eugênio Aragão, “é plausível a tese da representante de que o vídeo editado divulga fato sabidamente inverídico em que o conteúdo da publicação acaba por gerar desinformação”.

O ministro mandou notificar o YouTube, o Twitter, o Facebook e o Instagram para que cumpram a decisão

Para os advogados da campanha de Lula, essa decisão do TSE reforça a importância do combate à desinformação e às fake news que mais uma vez se fazem presentes durante o processo eleitoral.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar