Bolsonaro mexe na cúpula da Abin

Frank Márcio de Oliveira foi exonerado para dar lugar a Carlos Afonso Gonçalves Gomes Coelho, delegado da PF que foi segurança de campanha do presidente

COMPARTILHE:

2021-11-25 12:42:11

Veja

No dia em que a Abin, o serviço secreto brasileiro, autorizou mais uma leva de viagens de agentes em missão sigilosa ao exterior, Jair Bolsonaro trocou o diretor adjunto da agência.

Frank Márcio de Oliveira foi exonerado para dar lugar a Carlos Afonso Gonçalves Gomes Coelho. Como Alexandre Ramagem, Coelho foi segurança de campanha de Bolsonaro em 2018.

De saída, Frank chegou a ser indicado por Augusto Heleno a Bolsonaro para assumir o comando do serviço secreto quando o presidente tentou pendurar Ramagem na Polícia Federal, durante a guerra com Sergio Moro no ano passado.

COMPARTILHE:

COMENTÁRIOS

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Enviar